Unesp cede aparelhos de hospital veterinário em Jaboticabal para atender pacientes com Covid-19

Monitores e respiradores serão emprestados a hospitais caso haja crescimento no número de casos confirmados da doença.

Aulas no campus foram suspensas por causa da pandemia.

Unesp de Jaboticabal vai emprestar respiradores para hospitais da cidade Na tentativa de combater o avanço da Covid-19, a Unesp em Jaboticabal (SP) disponibilizou equipamentos médicos para serem usados em hospitais da cidade. Por causa da pandemia, as aulas na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias foram suspensas e os aparelhos do hospital que trata animais podem ajudar nos atendimentos de pessoas doentes.

Até quarta-feira (25), segundo a Secretaria de Saúde, havia três casos confirmados da doença no município.

Outros 17 pacientes com suspeita do novo coronavírus eram acompanhados.

Suporte De acordo com o supervisor do Hospital Veterinário da Unesp, os equipamentos emprestados incluem monitores, aparelhos para aplicação de anestesia e respiradores.

A farmácia e os suprimentos cirúrgicos também vão ficar à disposição. "Esses equipamentos são para uso humano.

É que, da forma que eles são feitos, nós também conseguimos usá-los em animais", diz Andrigo Barbosa de Nardi. Equipamentos médicos usados em animais foram feitos para pessoas, explica supervisor do hospital veterinário da Unesp Jaboticabal, SP Alexandre Sá/EPTV As máquinas só serão levadas aos hospitais de Jaboticabal quando houver necessidade de ampliar o atendimento aos pacientes positivos. "Esse é um momento de salvar vidas.

Nós vamos fazer qualquer coisa para salvar vidas.

Agora é a hora de todo mundo se juntar.

A universidade entende a gravidade da situação e quer ajudar a comunidade", diz o diretor do campus, Antônio Sérgio Ferraudo.

O Hospital Santa Isabel, que atende casos suspeitos, já recebeu materiais como máscaras, luvas e aventais de segurança da Unesp.

Segundo o diretor da instituição Jeyner Valério Júnior, os equipamentos de proteção individual (EPI) registraram aumento no custo. “Há uma dificuldade de se entregar o que já foi comprado, não estão aceitando outros pedidos e está custando 20 vezes mais do que o habitual.

É um absurdo o que está se cobrando”, afirma. Hospital e Maternidade Santa Isabel em Jaboticabal, SP Alexandre Sá/EPTV Valério Junior explica que a unidade tem oito leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas que eles serão ampliados.

Com o reforço da universidade, o hospital terá perto de 20 respiradores para atendimento.

“Obviamente que a gente torce para não ter que usá-los”, diz o diretor, em tom otimista.

Testes Com laboratórios capazes, a direção do campus em Jaboticabal discute com as secretarias de Saúde um plano para dar início aos testes para coronavírus.

A habilitação da instituição ajudaria a agilizar a divulgação dos resultados.

“Nós estamos estudando a melhor forma de fazer isso, com biossegurança e de uma maneira que nós consigamos receber do Ministério da Saúde os reagentes necessários", diz Andrigo. Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Categoria:SP - Ribeirão Preto e Franca