Justiça autoriza que dinheiro pago por réus da Operação Pecúlio/Nipoti seja destinado a hospital

Cerca de R$ 1,41 milhão vai ser utilizado para a compra de equipamentos hospitalares que ajudem a garantir a esterilização de materiais no combate ao coronavírus.

Terceira Vara de Justiça Federal de Foz do Iguaçu destina dinheiro para a saúde A 3ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, autorizou na quarta-feira (25), que o dinheiro pago por sete réus que fizeram colaboração premiada na Operação Pecúlio/Nipoti seja destinado ao Hospital Municipal. A decisão atende um pedido do Ministério Público Federal (MPF).

Cerca de R$ 1,41 milhão vai ser utilizado para a compra de equipamentos hospitalares que ajudem a garantir a esterilização de materiais no combate ao coronavírus. A Operação Pecúlio/Nipoti investigou crimes contra a administração pública na Prefeitura de Foz do Iguaçu durante a gestão do ex-prefeito Reni Pereira. Coronavírus no Paraná O Paraná tem 97 casos confirmados do novo coronavírus, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) na quarta-feira. O boletim apontou que há 3.588 suspeitas de Covid-19 em todo o estado. Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Categoria:Paraná